VIDEO: Reabertura – ALERTA: Cuidado com os códigos DARF

Postado em | 27 outubro, 2013

Comentários

9 Respostas para “VIDEO: Reabertura – ALERTA: Cuidado com os códigos DARF”

  1. Genilson
    28th outubro, 2013 @ 8:43

    Bom dia Dr. Omar;
    Ao acessar o site do e-cac e fazer a opção pelo parcelamento, o sistema não gera a guia de recolhimento já com os códigos adequados? Estou tentando sanar todas as minhas duvidas antes de acessar o e-cac e aderir ao REFIS.

  2. Adalberto Vicentini
    28th outubro, 2013 @ 8:59

    Genilson,

    Sim, a geração é automática. Todavia, como trata-se de DARF, é muito comum o contribuinte buscar a emissão manual (diante de uma falha no site da Receita), ou tentar gerar a guia para pagamento à vista.

  3. Genilson
    28th outubro, 2013 @ 9:19

    Caso esta falha venha a ocorrer, existe a possibilidade de reimpressão pelo site, eu temos que providenciar o DARF?

  4. Celso
    28th outubro, 2013 @ 11:24

    Boa tarde. No Simulador do Refis da Crise, encontrei erro no cálculo das reduções de multas, juros e encargos na planilha do Saldo Remanescente do PAES, se compararmos ao Item V, para 180 vezes. Os demais cálculos com menos parcelas eu não chequei. Já a planilha dos Débitos “Virgens” está correta, pelo menos para 180 vezes. Por que digo isto: para termos cuidado ao calcular e adotar a base simulada do PAES para as prestações e geração de Darfs, pois se o valor for inferior ao necessário para cobrir o montante, além da taxa selic aplicada mensalmente até a data da consolidação, isto poderá prejudicar a adesão. Sugiro que seja revisado e/ou checado o Simulador por completo visando evitar erros a quem prefira utilizar esta ferramenta para calcular o montante antes de gerar os Darfs das parcelas. Abraço.

  5. Adalberto Vicentini
    28th outubro, 2013 @ 12:39

    Boa tarde Celso,

    Me desculpe, mas conferimos o simulador, e os descontos estão aplicados corretamente! Vejamos os descontos para migração do PAES:
    Multa de mora: 70%
    Multa isolada: 40%
    Juros: 30%
    Encargos: 100%

    Acredito que o senhor confundiu com os descontos para débitos nunca parcelados anteriormente. No caso de migração do PAES, deve ser utilizado o Artigo 9, II.

  6. Fábio Rony
    28th outubro, 2013 @ 13:46

    Olá Adalberto Vicentini ! Fiz uma simulação de parcelamento REFIS utilizando a planilha disponibilizada no Blog ! Para pagamento a vista a divida ficou em R$ 24.990,15 e para pagamento em 30x, a soma de todas as parcelas, gerou um resultado final de R$25.372,50,portando uma diferença de apenas R$382,35. É isso mesmo ou fiz algo errado ?!

  7. Suzi
    28th outubro, 2013 @ 17:47

    E Quanto aos honorários advocatícios no pagamento à vista tem desconto ou não ?

  8. Celso
    30th outubro, 2013 @ 12:22

    Grato, Dr. Adalberto, pelo v. esclarecimento. De fato eu havia me esquecido da diferença de 5% a mais nos descontos legais no saldo remanescente do PAES sobre as multas, juros e encargos. Agora deu tudo certo. De fato, o Simulador do Refis da Crise está correto nos cálculos. Inclusive fui ontem na Receita Federal confirmar os cálculos feitos antes de pagar hoje o Darf.

    Gostaria de chamar a atenção para um detalhe na tela de emissão dos Darfs, em que só se consegue digitar o valor total no lugar do campo de “valor do principal” para a emissão do Darf. Ou seja, não será possível ainda detalharmos os demais valores componentes do Darf. Apenas devemos digitar no campo do “valor do principal” o VALOR TOTAL DA PARCELA calculada, correspondente ao mês que estivermos pagando, clicarmos no botão “calcular” e em seguida clicar no botão “continuar”, para que ele emita o Darf com o código de barras correspondente e com o valor total no lugar do principal e os demais campos em branco mesmo. Essa instrução me foi dada pelo técnico da Receita, pois realmente os botões e os demais campos (da multa, juros, etc.) ainda não foram habilitados. Falha de sistema, talvez pela demora na aprovação da lei e o curto prazo para que a modalidade dos primeiros pagamentos pudesse ser operacionalizada. Pensei que estivesse fazendo alguma coisa errada, mas não estava.

    Vai a dica acima, portanto, para os que pretendem emitir os Darfs correspondente a cada uma das quatro modalidades previstas na Adesão à Reabertura do Refis. A orientação que recebi é que não se deve emitir os Darfs manualmente, em outro link do site da Receita, ou por outro processo eletrônico, pois como são gerados códigos de barra específicos para esse Darf, esses pagamentos serão interpretados pelo sistema graças a esses códigos e não correrão o risco de “se perderem”.

    Para quem utilizar o internet banking para os pagamentos, deve-se utilizar uma opção de pagamentos de “demais tributos via código de barras”, ou o equivalente a isso, conforme o banco de v. preferência.

    Abraço a todos.

  9. djalma
    12th novembro, 2013 @ 10:57

    Bom dia.
    Alguém poderia exclarecer as dúvidas abaixo?
    Estou parcelando a modalidade 3841 ou seja Débitos de Saldos Remanescentes dos Programas Refis, Paes, Paex e Parcelamentos Ordinários, rompidos ou não.
    1 – Como faço para calcular o valor que tenho que recolher, já que os débitos não estão consolidados ainda?
    2 – Não quero parcelar tudo e sim apenas parte dos débitos. É possível. Como devo proceder para que quando tenha os valores consolidados, este só incluam o que realmente estarei parcelando?
    Agradeço quem puder me passar essas informações?

Deixe uma resposta





  • Simulador

    Cursos e Palestras sobre o Refis da Crise

  • Contrate!

    Consultoria e Assessoria no Refis da Crise

    Cursos e Palestras sobre o Refis da Crise

  • O que mais citamos

  • Siga-nos!

    Siga o Refis da Crise no Twitter